Saudação

Olá! Este é um espaço de escrita criativa com um toque de humor, e expressão da minha vontade de me aproximar do poder revelador das palavras. Testemunho do meu envolvimento com a palavra com arte, e um jeito de dar vida à cultura que armazeno. Esta página é acessível (no modelo básico) também por dispositivo móvel. Esteja à vontade.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O Espantalho

Por George W. de B. Cavalcanti*


A tempo certo nasceu naturalmente,
Na terra da rapadura e queijo coalho;
Fruto maduro de mulher competente,
E, de um cidadão bom no uso do malho.

À luz do candeeiro come cuscuz contente,
Por não haver nascido perneta ou zarolho;
Mas, fornido de cara, dente e nariz à frente,
E, com cabeça tão limpa que não cria piolho.

Competentemente educado no agir coerente,
Dando guarida ao bem, ao mal trança de alho;
É, um elo forte e confiável da positiva corrente.

Segue a vida pela fé e sem buscar pulo ou atalho,
Num lugar mesquinho que ao justo dá o restolho;
E, ao pensador e poeta transforma em espantalho.



*
Guershon bem Levi (nome hebraico recebido em tevilah conforme a tradição judaica)


 

Rádios de Israel - escolha a estação

Antes de escolher uma rádio desligue outro áudio que estiver escutando.