Saudação

Olá! Este é um espaço de escrita criativa com um toque de humor, e expressão da minha vontade de me aproximar do poder revelador das palavras. Testemunho do meu envolvimento com a palavra com arte, e um jeito de dar vida à cultura que armazeno. Esta página é acessível (no modelo básico) também por dispositivo móvel. Esteja à vontade.

domingo, 19 de junho de 2011

Viajando na Luz



Por George W de B Cavalcanti*


Então, que eu vi decerto,
Somente era rua deserta,
Paisagem de azul incerto,
Mantinha a alma desperta;
Nada ali era junto ou perto.

Rota fria de puro silêncio,
Ninguém por ali a passar,
E, nem pássaro a saudar,
Na tarde em lento declínio;
Ao tempo do novo milênio.

A viagem que bem condiz,
À emoção, amor nostalgia,
Fez meu coração voar feliz,
Bailar essa gentil luz tardia;
Cortar silêncio que algo diz.

Sua vistosa beleza distante,
Luminosa promessa faceira,
Convidativa como horizonte,
Ao final de uma tarde inteira;
Consome a um poeta errante.

Via-me naquele verde jardim,
No qual se afirmava sutil a lua,
Sem a bela flor diante de mim,
Assim prateou com a luz a rua;
Era um luar, e nela viajei assim.


Rádios de Israel - escolha a estação

Antes de escolher uma rádio desligue outro áudio que estiver escutando.