Saudação

Olá! Este é um espaço de escrita criativa com um toque de humor, e expressão da minha vontade de me aproximar do poder revelador das palavras. Testemunho do meu envolvimento com a palavra com arte, e um jeito de dar vida à cultura que armazeno. Esta página é acessível (no modelo básico) também por dispositivo móvel. Esteja à vontade.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Maior e branco (reflexões ~ ed. 4)


 Por George W de B Cavalcanti*
(título modificado em 05/07/2012)


Maior bandeira ~ Com tantos "jogos enlameados" acho que a essa altura do "campeonato" já está mais do que na hora de lavarmos a bandeira brasileira. (17/01/202)

Inútil usufruto ~ A supervalorização do fútil em outra coisa não resulta a não ser na multiplicação de inocente útil para usufruto do culpado inútil. (17/01/202)

Praga de "nóia" ~ No Egito a praga teve nuvem de gafanhotos, no Brasil ela tem nuvem de "nóias". Das duas uma, por aqui ou está faltando faraó ou está faltando Moisés. Eu fico com a segunda alternativa. (18/01/2012)

Chamas virtuais ~ Querer cesurar a Internet é o mesmo que tentar retroceder no tempo para reescrever a história com uma nova destruição da Biblioteca de Alexandria (19/01/2012)

Sexo sonâmbulo ~ Famigerado reality show inaugura "sexo sonâmbulo" no horário nobre da TV brasileira. Então, a bem da moral e dos bons costumes sugiro massiva campanha na grande mídia com o lema: "Se BBB, não durma!" (19/01/2012)

Censura e autoritarismo  ~ Essa atual onda de correção e tutelagem da Internet, imprensa e televisão; mal disfarça a implícita intenção de censura, e exala um forte odor de resquício do velho e perigoso autoritarismo. (19/01/2012)

Fiasco ~ Dos pontos de vista natural e social o gerenciamento humano do planeta é um verdadeiro fiasco. (23/01/2012)

Vaidade e consumo ~ Ser consumista É: comprar o que não se precisa, como dinheiro que não se tem, para impressionar gente de quem não se gosta; por inveja, para alimentar a própria vaidade ou por carência afetiva. (23/01/2012)

Ouvidos moucos  ~ Todo dia é o destampar em nosso país de um novo escândalo político tresloucado e pútrido. Prece até que não mais existe quem dê ouvidos à sensatez e à moralidade. E, assim, os justos, os profetas e os patriotas são as vítimas preferenciais do crime político contra a segurança nacional. (30/01/2012)

Evento e vontade ~ Indiferentes à vontade humana os eventos naturais desde sempre precedem aos homens e continuam apesar e mesmo depois destes. (02/02/2012)

Conduta e coisas ~ Desde que exista história é da conduta humana que depende o estado das coisas. (02/02/2012)

Cegueira social ~ A estratégia do oportunismo político cínico é sempre a mesma: na oposição adotar cegueira histórica e votar sempre contra tudo o que represente avanço econômico e social para os próximos dez a vinte anos; na situação, adotar "binóculos" de pragmatismo e propor ao país tudo aquilo contra o que votou contra, a fim de alcançar e se manter no poder indefinidamente. (03/02/2012)

Luz detergente ~ A história confirma que, nos poderes constituídos como na natureza, a luz do sol é o melhor detergente. (03/02/2012)

Poesia e vida ~ Pode ser que a minha poesia não seja considerada literatura, mas, com certeza é vida. (03/02/2012)

Leve metáfora  ~ Nos tornamos mais leves mediante o pensamento metafórico. (03/02/2012)

Lua e varanda  ~ Metaforicamente, observo a humanidade como se o fizesse desde a lua, sentado em uma pedra qualquer por lá. E, quando contemplo a natureza em toda a sua exuberância, é como se o fizesse debruçado em uma varanda especial no céu. (04/02/2012)

Linha de pipa ~ Pessoas são como pipas: quando sobem demais se faz necessário cortar-lhes a linha para que, no retorno, não nos contaminem com as impurezas que absorvem nas altas camadas. (05/02/2012)

MeTelórico ~ Pelo jeito que as coisas vão no país da corrupção acho que tem muita gente por aí querendo trocar o Hino Nacional pelo hit 'meTelórico' "Ai Se Eu Te Pego" (05/02/2012)

Cores da busca ~ Admirar a um quadro de solidão pintado com as cores da sincera busca, equivale a respeitar uma abra produzida pela arte do encontro. (05/02/2012)

Vida e homens ~ O problema é que a vida é santa e os homens não; mas, este é um problema dos homens e não um problema da vida. (05/02/2012)

Dom e história ~ O poeta é um cidadão ilustre que, pelo seu dom e à sua maneira, dá vida à cultura armazenada e agita a história. (05/02/2012)

Percepção ~ As pessoas se deram conta de que a vida sem poesia é mais cansativa e de que estão cansadas de uma vida sem poesia. (05/02/2012)

Ler sem pressa ~ Penso para ler e leio para pensar; e, assim, não tenho pressa de ler e estou sempre lendo. (05/02/2012)

Branco ~ Só não lê em branco quem lê e reflete sobre a realidade. (05/02/2012)



(Ilustrações - fonte: Google Imagens)

Rádios de Israel - escolha a estação

Antes de escolher uma rádio desligue outro áudio que estiver escutando.