Saudação

Olá! Este é um espaço de escrita criativa com um toque de humor, e expressão da minha vontade de me aproximar do poder revelador das palavras. Testemunho do meu envolvimento com a palavra com arte, e um jeito de dar vida à cultura que armazeno. Esta página é acessível (no modelo básico) também por dispositivo móvel. Esteja à vontade.

domingo, 28 de dezembro de 2008

O Dançarilho

Por George W B Cavalcanti


Quando chover água e rima,
Ao sabor de poética estação,
Marcando com sol o meu verso;
Ao luar vai despertar a emoção.

Sigam só o meu compasso,
Enquanto cantarem os ventos,
E dotarem meus cabelos de tons;
Desejar nos traz contentamentos.

Sigam e subam pisando firme,
Na escalada que afirma sua vida,
Ainda que dote os pés de feridas;
Essa é uma dança audaz e atrevida.

Clamem e talvez haja algum eco,
Aguardando na curva desse caminho,
E um tambor de um coração solitário;
Marca o ritmo da dança de um sozinho.

Mostrem o quanto é bela a criança,
Que mistura as lágrimas com o vinho,
Elementar néctar que preserva herança;
Não sai mais da dança dos pés femininos.

Cantem um canto que vos é amado,
Mas, escrevam o que o coração canta,
Que a imaginação dita o ritmo dançado;
Bailado íntimo a desejar com força tanta.

Alegrem-se amigas formigas e cigarras,
Ouçam a canção da vida e seu estribilho,
Enquanto a emoção faz a sua grande festa;
Corações se encantam com cor, luz e brilho.

Rádios de Israel - escolha a estação

Antes de escolher uma rádio desligue outro áudio que estiver escutando.